Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

O encontro-Capitulo 2

 

Continua...
 
As perguntas que se seguiram ao longo do caminho inevitaveis e ajudava a disfarçaro desejo mutuo. Os questionamentos eram intercalados por momentos de solencio, era obvio que precisavamosnos olhar,sentir nossas peles, perceber o que cada sorriso significava, nós ja haviamos conversado muito pela internet, eu a conhecia como ninguem e ela por sua vez conhecia-me profundamente.
- Por que me chamou de louco?Nao gostou da surpresa?
- Nao imaginava que poderia vir ate aqui...Mas que bom que veio!
- Me conta nego,o que te deu na cabeça?
Essa ultima pergunta foia deixa para que eu lhe mostrasse o queme moveu,qual foi a motivação que eu tive para vencer todos aqueles quilometros de distancia. Olhei para a sua mao adornada por unhas vermelhas que descansava suavemente na sua coxa e sorri maliciosamente, entao de forma impulsiva segurei forte a sua mao e a levei em direção ao meu cacete...Se existe uma definição para a rigidez do meu pau eu diria "pedra",parecia uma rocha de tao duroe ter a mao dela acariciando-o me deixou louco...
Queria tirá-lo da calça naquele momento e enfia-lo em sua boca, mas isso iria de encontro aos meus planos para ela, treparia com ela ali mesmo, mas sabia que deveria me controlar para que tudo saísse como planejado. Como o trabalho dela se aproximava confirmamos nosso encontro à noite e por hora começamos a nos despedir, parei o carro e quando ela tirou o cinto se preparando para sair eu travei a porta puxei-a em minha direção por cima do console que nos separava, os vidros pretos impedia que nos vissem. acariciei o seu rosto, puxei seus cabelos aproximando a sua boca da minha, podia sentir a sua respiração entrecortada, olhei em seus olhos e a beijei com força... Enfiei a língua bem fundo em sua boca, como desejei aquilo. Depois de beijá-la destravei a porta e a deixei sair...
-Te vejo a noite!
Ela apenas sorriu e me olhou com aquele olhar de safada e bateu a porta.

 

De volta para o hotel tomei uma ducha fria e bati uma punheta pensando no que me reservava a noite. Meu plano era conhecer o máximo que pudesse da sua casa até onde estava hospedado, depois do almoço fui reconhecer o terreno... As 19: Hs já estava pronto, fui até o bar do hotel, tomei duas doses de whisky. Cheguei a sua casa às 20:Hs. Ela estava perfeita... Com um vestido preto que acentuava as suas formas e um salto alto maravilhoso deixando sua bunda completamente empinada... Eu vestia uma calça social escura, sapato social marrom, camisa cinza e blazer preto, fomos a um barzinho recomendado por ela, o bar era aconchegante e tocava jazz, estilo que eu adoro, sentamos numa mesa bem reservada e pedimos uma bebida, ambos sabíamos aonde aquilo iria nos levar, mas todo aquele clima se fazia necessário. A atração que sentíamos um pelo outro era evidente, conversamos bastante sobre isso e quando aquela vadia mordia o lábio inferior me dava vontade de atravessá-la com meu cacete, adorava aquilo e ela sabia me provocar...  Eu me perdia ao observá-la, ver sua excitação, sua boca se movendo, a pontinha da sua língua entre seus dentes, cada detalhe fazia meu pau pulsar... Quando tocaram uma musica de Norah Jones (Come Away With Me) a convidei pra dançar... Este momento jamais saíra da minha memória, dançávamos como se estivéssemos a sós, os corpos colados um ao outro praticamente não nos movimentava, nos beijávamos de forma intensa e nossos quadris se moviam num ritmo bem sacana...Um casal nos observava aquilo nos dava mais tesao ainda,eles pareciam querer participar se tocavam e se beijavam transformando a atmosfera do barem algo extremamente sexual.Nao ficamos mais que 45 minutos lá,comemos algo e a levei ao hotel onde estava hospedado.A minha suite era relativamente confortavel e com bastante espaço, em mais um instante de amasso gostoso fiz a pergunta que determinaria o fim de semana...Sussurrando em seu ouvido com a boca bem colada a sua orelha, perguntei:

-Voce esta preparada para as coisas que farei com voce?

-Sim!!!!

Tirei meu blazer,sentei-me em uma poltrona no canto da suite e a fiz se aproximar...Pedi num tom autoritario que tirasse o seu vestido bem devagar, observar aquilo era inigualavel, pedi que ficasse apenas de lingerie e nao tirasse os sapatos...A lingerie era linda e muito sexy,  preta de renda com detalhes em rosa, nao tinha nenhuma pressa, minha intenção era encharca-la no mais intenso tesao, levantei-me e a observei de todos os angulos, entao a beijei com força, daqueles beijos de molhar a calcinha e foi isso que aconteceu quando passei a mao no seu sexo a sua lingerie estava ensopada, transbordando...A coloquei de joelhoes e mandei:

-Chupa meu pau vadia!

Nunca haviam me chupado com tanta destreza...Aqueles labios quentes e umidos passeavam em torno do meu membro até chegar as minhas bolas que eram sugadas com força...Que delicia! Ela tentava coloca-lo inteiro na boca. meu pau pulsava como se fosse explodir a qualquer minuto, mesmo assim nao poupei sua boca de ser fodida, comecei lentamente um movimento de vai e vem chegando perto da sua garganta, as veias do meu cacete estavam enormes, aumentei o ritmo e segurando bem forte em teus cabelos gozei muito em sua boca e no teu rosto...

Era minha vez de retribuir aquele sorriso safado de satisfação ao lamber toda minha porra que escorria no canto de sua boca!

 
Continua...

pensamentosdelobas às 23:35
link do post | comentar | Me deixa ver teu pensamento: (3)
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Capitulo 1- O Encontro

 

Eu tinha acabado de chegar a sua casa, apesar da viagem longa e cansativa não queria perder tempo, coloquei minha Pickup preta bloqueando seu carro e aguardei a sua saída. Era por volta de 08:hs da manha de sexta, ela estava saindo para trabalhar como de costume. Seu trabalho exigia um traje serio por isso o uso de um terninho escuro e o salto alto que lhe era peculiar. Eu estava vestido com uma calça jeans clara, camiseta branca, tênis e de óculos Rayban escuro cobrindo os olhos, encostado ao meu carro não pude deixar de notar a sua irritação, deveria estar atrasada, mas o que me saltou aos olhos foi a exuberância daquela mulher, aquele corpo tão desejado nas conversas on line estava ali a minha frente a poucos metros.... Logo em seguida veio o seu pedido:
­            - Da pra tirar o seu carro por favor?
Adorei ouvir aquelas palavras que outrora só escutara por telefone, que sotaque gostoso... Respondi então:
- Posso tirar com uma condição!
E antes que ela esbravejasse com aquele semblante autoritário e mandão que eu não poderia impor-lhe nada, eu disse:
- Vou te levar ao trabalho hoje.
Deve ter sido o meu sotaque e impertinência que chamou sua atenção para mim. Fitou-me de cima a baixo, pausando o seu olhar na linha da minha virilha que essa altura não negava a minha ansiedade e excitação... Antes que terminasse sua avaliação eu completei:
- Ahh... Eu não aceito um não como resposta!
- Ou você tira o carro daí ou saio assim mesmo...
- Eu esperava que disesse isso, mas não saí da Bahia pra ser dobrado por você.
Com um sorriso no rosto já imaginando que sua desatenção acabará e ela já soubesse com quem estava falando eu pedi:
- Entra no carro, você pode dirigir se quiser!Novamente ela nao se connteve e voltou a me olhar fixamente, ,ao sei bem se eu era como ela  esperava que eu fosse.Eu tenho cabelos escuros ondulados,1,79 de altura,nao sou nem muito forte nem muito magro,tenho o dorso bem definido e as pernas bem torneadas,tudo isso banhado por uma pele morena bronzeada nas praias de Salvador.
- Me reconheceu agora?
- Nego??? Nao pode ser...
- Sim! Sou eu.
- Você é louco!
Já tínhamos nos visto varias vezes pela WebCam,mas frente a frente poderia  existir duvidas...Depois de um longo abraço onde pude sentir o seu corpo junto ao meu e seu cheiro que maravilha quase instantaneamente meu cacete endureceu mais uma vez,minha mao direita escorregou de suas costas até sua bunda...No mesmo momento como se fosse um flash fiz planos para aquela maravilha, que rabo delicioso...
- Vamos agora ?
- Vamos!
 
 
 
Continua...

pensamentosdelobas às 16:58
link do post | comentar | Me deixa ver teu pensamento: (1)

As quarentinhas


Nos veja...

vem pensar ...

. 2 seguidores

pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

O encontro-Capitulo 2

Capitulo 1- O Encontro

Baú das lobas

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

SAPO Blogs
RSS