Quinta-feira, 4 de Março de 2010

Penetro-te


Penetro-te o corpo,
Rasgo tua alma,
Defloro o teu desejo,
E violo teu pensamento...
Grito, garganta travando, o teu nome...
Sou o teu homem que te come
Em tropeços e afagos
De dengos, carinhos, carícias e puro amor...
Penetro-te minha vida,
Minha alma,
Minha lira,
Meu agito e minha calma...
Invado teu jardim,
Como tuas pétalas e gramas,
Incendeio todas as nossas camas,
Rasgando lençóis...
Desfazendo os nós e barreiras que a vida te impregnou...
Meto... boto em ti o meu amor,
Seguro-te forte,
Faço-te uivar de dor...
Penetro-te com fúria o meu calor,
Até o fundo,
Levo-te pra fora desse mundo,
Faço chover suas lágrimas por dentro e por fora,
Faço nascer amor dentro de ti,
Por ontem, por amanhã e por agora!

 

Júlio Nessin


 


pensamentosdelobas às 16:16
link do post | comentar

Na estrada


 

 


"Tira tudo. Já." ele manda e ela, sem pestanejar, obedece. dentro do carro, em movimento, na cidade, ela se despe: a calça, os sapatos, a blusa. a calcinha fica, como última provocação. "eu mandei tirar tudo." nem um olhar dele, mas ela geme de prazer por ser mandada e tira a calcinha preguiçosamente, sentindo medo dos vidros, do ar nocturno, dele. um prazer crescente a consome a cada quilómetro nua no banco do carro. "eu quero te ver gozar, putinha", ele diz sem desviar os olhos da estrada. as costas, a bunda, suas pernas sentem-se acariciadas pelo banco do carro, pelo leve tremor do motor, da estrada. mas ela é obediente e abre as pernas sentindo o vento frio; toca-se de leve com as duas mãos, sussurra coisas, palavras abafadas para si mesma, perde-se no prazer misto de explorar seu corpo acompanhada de ordens e olhares furtivos. seu cheiro invade as mãos e o carro, ela sente calor. ele a fareja e sua mão direita procura pelas mãos dela, os dedos mergulham na pele, calor, humidade; ele lambe os dedos e ela sente mais que vê o desejo e instinto. de olhos fechados, ela esquece do frio e do calor, do medo, concentra-se nas ordens, nos dedos, no olhar dele. derrama-se pelo banco, pede pra gozar, por favor, e ele sorri. "goza pra mim. agora." Ela se dissolve em dedos e ais, no cheiro da noite e dela, no desejo dele e, exausta, pede mais."

pensamentosdelobas às 16:13
link do post | comentar

Sonho de consumo..



Ah, tenho que aceitar o inevitável
Te querer é tudo que quero
Esse desejo é
Urgente...
Doce...
Dominador...
Urgente!!! Porque quero
te despir agora,
beijar,
arranhar,
morder,
todo esse corpo.
Doce!!! Porque posso sentir
seu gosto...
quando vorazmente sugo e roço
com meus lábios molhados
seu falo enrijecido...sinto seu gozo
e esse gozo é doce.
Dominador!!! Porque esse desejo
me domina por inteira
Tento escapar, mas...
Ao te ver, enlouqueço
Ao te ouvir, estremeço
Ao teu toque, me excito
Ao teu beijo, me entrego
Ah, tenho que aceitar o inevitável...

 

 

Meu sonho de consumo anda por esses lados...

Ando querendo mais brincar do que chegar aos finalmentes.....

tags:

pensamentosdelobas às 16:11
link do post | comentar

As quarentinhas


Nos veja...

vem pensar ...

. 2 seguidores

pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Quero-me fragil

Aguardo

Penetro-te

Na estrada

Sonho de consumo..

Desejos seus...desejos me...

Vemmm...Vemmmm....

Quero assim...

Ser amada....

Nudez

Posições....

Na mais pura intenção

Animal faminto

Nem umazinha rapidinha...

Em ti...

Abri....

Me mata!!!!

Lobas

Toque-me

Lobo ou pimenta????

Baú das lobas

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

SAPO Blogs
RSS