Domingo, 24 de Janeiro de 2010

AMOR NO ASTRAL

 

 



Ainda sonho com você,ainda penso em você,nada te tira de meu pensamento
,vinte quatro horas por dia,pensando em você.sinto ainda teu cheiro,o sabor de teu batom em meus labios,o cheiro do teu corpo molhado do banho e de tua loção hidratante,teus cabelos molhados,cheirando a chocolate,ainda esta impregnado em meu ser,todas tuas impressões,você não sabe, mas ainda mexe comigo.Você povoa meus sonhos,toma conta de minha vida,me puxa de volta para o astral,onde nos amamos a primeira vez,e onde jamais poderão impedir de nos amarmos,um belo lugar apenas nosso e que esta em nosso ser,nosso coração.(te amo)
São duas horas da manhã,ainda me encontro desperto,sem sono,morfeu não da o ar de sua graça.sem sono,cansado,entediado e sem nada para fazer.levanto-me,abro a janela do quarto,respiro fundo o ar noturno,e fico admirando as estrelas na noite e a lua,que se encontra em sua faze cheia,de cor avermelhada a cruzar e céu noturno,a verdadeira lua dos amantes.Um perfume conhecido invade minhas narinas,é o teu perfume,seu cheiro me é inconfundivel,ainda que levasse mil anos para senti-lo novamente,não o esqueceria.Um gosto doce em meus labios,um leve sabor adocicado de morango,então sei que você chegou,ainda que não possa ve-la ou toca-la,sei que você esta junto de mim,me chamando,me puxando para junto de ti.Sua presença toma conta do ambiente,ouço ao longe tua voz a me chamar,um sorriso escapa de meus labios e lentamente adormeço,ainda com o sorriso nos labios.
Noto que a paisagem mudou a meu redor,ja não estou mais em meu quarto,tão estranha e familiar me é a paisagem,estou em um lugar que nunca vi,e ao mesmo tempo me é tão familiarmente reconheço,estou no sitio de teus pais.Mas o que é isso?Sonho?
Realidade?
Não sei que pensar ou responder se me perguntarem,mas reconheço o velho galpão,a casa antiga,a belissima paisagem formada pelas frondosas arvores,o velho rio logo abaixo e a imensa pedra,que chamaste de a pedra do mundo.
Sim.agora sei,estamos no astral,te procuro com o olhar.A encontro parada olhando a paisagem também.me aproximo,toco teu rosto com as mãos,é incrivel,sinto como se realmente a tocasse,sinto o tato,o olfato e todos os demais sentidos.Enterro meus dedos em teus cabelos,fico um tempo a te acariciar,meus dedos passeiam por tua alva pele,minha branquinha,meu copinho de leite.
Nada é dito,apenas a cumplicidade em nosso olhar,nos denuncia de nossas intenções,busco teus labios,para colar nos meus.Ah!!!jamais me esqueço do doce sabor de teus labios.A trago para junto de meu corpo deixando-a colada junto ao meu,enlaço meus braços pela tua cintura,fazendo-a gemer.A beijo com desejo,mantendo-a apertada junto a mim,sentindo teus seios durinhos junto do meu peito,sinto o calor que emana do teu corpo,o desejo escapa pelos poros.Minha vontade era te-la neste instante,possui-la com volupia,adentrar tua vagina quente e deliciosa,e me desmanchar em gozo dentro de ti.mas me controlo,quero queseja tudo perfeito,quero que ao voltar,você seja a mulher mais linda e feliz do mundo,e que ao acordar,acorde molhada ,e que tua cama te denuncie,você gozou dormindo,mas sonhando comigo.
Volto para você,beijo teus labios docês,cruzo mês braços em teu corpo,te trago apertada em meu peito,ainda sentindo teus belos seios contra meu peito,passo de leve os dedos em tua pele,de cima a baixo,te provocando arrepios de prazer,deslizando meus dedos pelo teu corpo,toco de leve tua vagina,sentindo-a molhada.quente e você me abre as pernas para que eu brinque com tua grutinha encharcada de prazer.você morde meus labios,sussura em meus ouvidos para que a possua,que a faça mulher,você implora para que a possua mais uma vez,e outra vez,e outra...enquanto meus dedos dedilham tua grutinha,como se tirassem acordes musicais dela.tiro os dedos de tua bucetinha deliciosa,e passo por teus labios,que os agarra e os chupa,indo de joelhos ao chão,me pedindo um pirulito,que de pronto obedeço,alcançando em tua boca,meu membro,ereto,que sem cerimonia você o devora inteiro.enterro meus dedos em teus negros cabelos,acariciando,adoro mexer em teus cabelos.Sinto uma contração,meu membro pulsa em tua boca quente.Afasto-a puxando para mim,quero teus labios,uma vez mais,beijo com sofreguidão teus labios,mordisco tuas orelhas,vejo teu corpo arripiar-se inteiro ao meu toque.aperto deus seios com as pontas dos dedos,sentindo-os endurecer ao meu toque.acaricio teu corpo,a deito na relva,sobre um tapete verdejante.deixo que minha lingua explore teu corpo,revelando teus lugares escondidos,tua buceta molhada,teu clitoris firme ao meu toque,e teu corpo,a se derreter sobre a minha lingua,como sorvete a se desmanchar.passo a lingua nas dobrinha entre as pernas,arrancando gemidos e sussurros.sinto um liquido quente em minha boca,é o teu docê nectar,a escorrer em minha lingua,você geme,grita,berra,enterra minha cabeça entre tuas pernas,e desfalece.cansada,me olha sorrindo,e diz que me ama.
Não satisfeito,deixo uma mão brincando em tua vagina enquanto a outra sobe até os seios.procuro teus labios.e a beijo novamente.''dio,come ti amo”.Um suspiro escapa de meus labios,enquanto volto a beijar teus seios,mordisca-los,faze-los ficar durinhos em minha lingua.olho teu corpo nu a minha frente,é maravilhoso te olhar nua,ver-te entregue a mim sem vergonha e sem pudores.teu corpo parece brilhar a luz do sol,teus olhos brilham,teu ser vibra,e tua buceta esta molhada de novo,pronta para me receber dentro dela.passo a lingua de leve na tua bucetinha molhada,apenas para te judiar,e me encanto com ela.tua vulva parece pulsar,escondida entre os pelos pubianos,um fino chumaço de paraiso.Oh!sim,para mim você é um pedaço do paraiso.afasto com as mãos os grandes labios,acariciocom os dedos teu clitoris,preparando teu corpo,para me receber dentro de ti.
Sinto tua vagina pegando fogo,vou penetrando bem devagarinho,saboreando cada milimetro,que meu membro entra dentro ti.paro.Me demoro dentro de ti,apenas sentindo ela latejar,apertando meu membro,sugando-o para dentro,mais e mais fundo dentro de ti.
Se eu tivese de descreve-la hoje,a descreveria dessa forma “A MAIS BELA CANÇÃO QUE JA ESCUTEI”
Sinto tua mão acariciando minhas bolas,enquanto eu entro e saio de você lentamente.olhando teu belo rosto se desfigurar de prazer.saio de dentro de você,a coloco de quatro na grama,acaricio tua linda bundinha,enaquanto entro novamente dentro de tua bucetinha quente.aliso tuas costas,posociono ele na entrada da grutinha do prazer,ela pinga prazer,então sem aviso,entro de uma só vez dentro de ti,arrancando um gemido.começo um delicioso vai e vem vendo tua bunda rebolar lindamente.beijo tuas costas,te acaricio enquanto meu pau entra e sai de você.
Mais uma vez mudamos a posição,desta vez sem sair de dentro de você,viro lentamente teu corpo,até que esteja virada para mim,quero ver você gozando.Levanto tuas pernas até meus ombros,deixando tua bucetinha toa para mim,começo um delicioso vai e vem de novo,sinto meu corpo amolecer,acelero meus movimentos,ouço teus berros,pedindo que eu coloque tudo dentro de você,ao qual de pronto obedeço.o tempo passa,o suor escorre de nossos corpos,um quentume me domina,acelero os movimentos de vai e vem,ouço você dizer que vai explodir.então tudo se apaga,um forte jato de esperma inunda teu ser,se misturando ao teu nectar delicioso.sinto que por um momento,morri,apenas para renascer,feliz,alegre e dentro de tua bucetinha.
Gozamos juntos,e como nunca antes haviamos gozados.sussuro em teu ouvido(je t'ame,mom amour).Meu goso junto do teu,escorrendo por dentre tuas pernas,denunciando nosso ato de amor.nossa felicidade.Queria que esse momento fosse eterno.a pego em meus braços,e com juras de amor,te beijo.
Odia nasce mais uma vez,e ambos voltamos ao nosso mundo sem cor e sem graça,até chegar o momento,de juntos estarmos mais uma vez,no nosso cantinho,no nosso ninho.onde podemos ser felizez,mesmo que a felicidade tenha a duração de um sonho.no mundo astral,somos os mestres de nosso tempo.te vejo em novo sonho.te amo. 

 
 

pensamentosdelobas às 20:34
link do post | comentar

As quarentinhas

pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Quero-me fragil

Aguardo

Penetro-te

Na estrada

Sonho de consumo..

Desejos seus...desejos me...

Vemmm...Vemmmm....

Quero assim...

Ser amada....

Nudez

Posições....

Na mais pura intenção

Animal faminto

Nem umazinha rapidinha...

Em ti...

Abri....

Me mata!!!!

Lobas

Toque-me

Lobo ou pimenta????

Baú das lobas

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

Nossos olhos

blogs SAPO
RSS