Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

O encontro-Capitulo 2

 

Continua...
 
As perguntas que se seguiram ao longo do caminho inevitaveis e ajudava a disfarçaro desejo mutuo. Os questionamentos eram intercalados por momentos de solencio, era obvio que precisavamosnos olhar,sentir nossas peles, perceber o que cada sorriso significava, nós ja haviamos conversado muito pela internet, eu a conhecia como ninguem e ela por sua vez conhecia-me profundamente.
- Por que me chamou de louco?Nao gostou da surpresa?
- Nao imaginava que poderia vir ate aqui...Mas que bom que veio!
- Me conta nego,o que te deu na cabeça?
Essa ultima pergunta foia deixa para que eu lhe mostrasse o queme moveu,qual foi a motivação que eu tive para vencer todos aqueles quilometros de distancia. Olhei para a sua mao adornada por unhas vermelhas que descansava suavemente na sua coxa e sorri maliciosamente, entao de forma impulsiva segurei forte a sua mao e a levei em direção ao meu cacete...Se existe uma definição para a rigidez do meu pau eu diria "pedra",parecia uma rocha de tao duroe ter a mao dela acariciando-o me deixou louco...
Queria tirá-lo da calça naquele momento e enfia-lo em sua boca, mas isso iria de encontro aos meus planos para ela, treparia com ela ali mesmo, mas sabia que deveria me controlar para que tudo saísse como planejado. Como o trabalho dela se aproximava confirmamos nosso encontro à noite e por hora começamos a nos despedir, parei o carro e quando ela tirou o cinto se preparando para sair eu travei a porta puxei-a em minha direção por cima do console que nos separava, os vidros pretos impedia que nos vissem. acariciei o seu rosto, puxei seus cabelos aproximando a sua boca da minha, podia sentir a sua respiração entrecortada, olhei em seus olhos e a beijei com força... Enfiei a língua bem fundo em sua boca, como desejei aquilo. Depois de beijá-la destravei a porta e a deixei sair...
-Te vejo a noite!
Ela apenas sorriu e me olhou com aquele olhar de safada e bateu a porta.

 

De volta para o hotel tomei uma ducha fria e bati uma punheta pensando no que me reservava a noite. Meu plano era conhecer o máximo que pudesse da sua casa até onde estava hospedado, depois do almoço fui reconhecer o terreno... As 19: Hs já estava pronto, fui até o bar do hotel, tomei duas doses de whisky. Cheguei a sua casa às 20:Hs. Ela estava perfeita... Com um vestido preto que acentuava as suas formas e um salto alto maravilhoso deixando sua bunda completamente empinada... Eu vestia uma calça social escura, sapato social marrom, camisa cinza e blazer preto, fomos a um barzinho recomendado por ela, o bar era aconchegante e tocava jazz, estilo que eu adoro, sentamos numa mesa bem reservada e pedimos uma bebida, ambos sabíamos aonde aquilo iria nos levar, mas todo aquele clima se fazia necessário. A atração que sentíamos um pelo outro era evidente, conversamos bastante sobre isso e quando aquela vadia mordia o lábio inferior me dava vontade de atravessá-la com meu cacete, adorava aquilo e ela sabia me provocar...  Eu me perdia ao observá-la, ver sua excitação, sua boca se movendo, a pontinha da sua língua entre seus dentes, cada detalhe fazia meu pau pulsar... Quando tocaram uma musica de Norah Jones (Come Away With Me) a convidei pra dançar... Este momento jamais saíra da minha memória, dançávamos como se estivéssemos a sós, os corpos colados um ao outro praticamente não nos movimentava, nos beijávamos de forma intensa e nossos quadris se moviam num ritmo bem sacana...Um casal nos observava aquilo nos dava mais tesao ainda,eles pareciam querer participar se tocavam e se beijavam transformando a atmosfera do barem algo extremamente sexual.Nao ficamos mais que 45 minutos lá,comemos algo e a levei ao hotel onde estava hospedado.A minha suite era relativamente confortavel e com bastante espaço, em mais um instante de amasso gostoso fiz a pergunta que determinaria o fim de semana...Sussurrando em seu ouvido com a boca bem colada a sua orelha, perguntei:

-Voce esta preparada para as coisas que farei com voce?

-Sim!!!!

Tirei meu blazer,sentei-me em uma poltrona no canto da suite e a fiz se aproximar...Pedi num tom autoritario que tirasse o seu vestido bem devagar, observar aquilo era inigualavel, pedi que ficasse apenas de lingerie e nao tirasse os sapatos...A lingerie era linda e muito sexy,  preta de renda com detalhes em rosa, nao tinha nenhuma pressa, minha intenção era encharca-la no mais intenso tesao, levantei-me e a observei de todos os angulos, entao a beijei com força, daqueles beijos de molhar a calcinha e foi isso que aconteceu quando passei a mao no seu sexo a sua lingerie estava ensopada, transbordando...A coloquei de joelhoes e mandei:

-Chupa meu pau vadia!

Nunca haviam me chupado com tanta destreza...Aqueles labios quentes e umidos passeavam em torno do meu membro até chegar as minhas bolas que eram sugadas com força...Que delicia! Ela tentava coloca-lo inteiro na boca. meu pau pulsava como se fosse explodir a qualquer minuto, mesmo assim nao poupei sua boca de ser fodida, comecei lentamente um movimento de vai e vem chegando perto da sua garganta, as veias do meu cacete estavam enormes, aumentei o ritmo e segurando bem forte em teus cabelos gozei muito em sua boca e no teu rosto...

Era minha vez de retribuir aquele sorriso safado de satisfação ao lamber toda minha porra que escorria no canto de sua boca!

 
Continua...

pensamentosdelobas às 23:35
link do post | comentar
:
De pensamentosdelobas a 21 de Janeiro de 2010 às 00:43
...ave...eu estive la...e to indo tomar um banho gelado porque nem uma siririca é capaz de me acalmar agora...to com muito tesao...
Felina


De loboquieto a 21 de Janeiro de 2010 às 16:15
O Felina,, um texto tão fraco deste te assim...

ainda bem que não perdeu tempo de bater uma siririca.

o tesão deve ser por outra razão,, não pelo texto.

ja li coisa muito melhor.


De pensamentosdelobas a 21 de Janeiro de 2010 às 21:49
Ahhh lobo so entende a tara quem tem realmente o tesao!So se entende as fantasias,quem ja mexeu com a libido...eu e soberano a muito tempo ja agitamos nossos demonios juntos e te conto(aqui em off,so pra vc),eu sinto tesao de ouvir a voz dele,eu sinto tesao de falar com ele,mesmo que o assunto nao seja sexo,eu sinto tesao lendo as coisas q ele me manda e te digo n sao esses contos eroticos nao,sao poesias...atras desse baiano tesudo tem um homem sensivel,lindo,e muito...muito sensual.Entao com licença,molhei a calcinha sim...e fui tomar banho frio sim,e nao disse que nao toquei siririca,disse que achei n ia me acalmar,entao uni as duas...Soberano,rendi sim uma homenagem deliciosa pra vc e sim estive nesse conto...alias,ja estivemos né?????beijinhosss meu arrretado soberano...e lobo...tara é tara meu nego...vc consegue entender isso???


Comentar post

As quarentinhas

pesquisar

 

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Quero-me fragil

Aguardo

Penetro-te

Na estrada

Sonho de consumo..

Desejos seus...desejos me...

Vemmm...Vemmmm....

Quero assim...

Ser amada....

Nudez

Posições....

Na mais pura intenção

Animal faminto

Nem umazinha rapidinha...

Em ti...

Abri....

Me mata!!!!

Lobas

Toque-me

Lobo ou pimenta????

Baú das lobas

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

Nossos olhos

blogs SAPO
RSS